Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/03/21 às 15h16 - Atualizado em 16/03/21 às 15h25

Reforço de 100 UTIs em três hospitais regionais

COMPARTILHAR

HÉDIO FERREIRA JÚNIOR, DA AGÊNCIA BRASÍLIA | EDIÇÃO: MÔNICA PEDROSO

 

Base ganhou 20 leitos nesta segunda (15). Anúncio foi feito em coletiva no Buriti | Foto: Renato Alves/Agência Brasília

 

O Governo do Distrito Federal (GDF) segue firme investindo na acomodação de pacientes em estado grave que necessitam de internação para tratamento da covid-19. Nesta segunda-feira (15), em coletiva de imprensa no Palácio do Buriti, o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, anunciou que os 100 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) estão sendo abertos no hospitais regionais de Santa Maria (HRSM), do Gama (HRG) e o de Base.

 

Em Santa Maria, onde 40 novas vagas de UTI já foram disponibilizadas nesse domingo (14), outras dez serão ativadas nos próximos dias. No Gama, serão abertos 30 leitos no próximo final de semana, enquanto o Hospital de Base ganhou mais 20 nesta segunda-feira.

 

“Devido a esse grande número de pacientes internados em hospitais privados, estamos buscando as alternativas de espaços vazios que temos nas nossas unidades para que a gente possa ampliar a oferta de leitos e atender a população”, disse Osnei.

 

Acompanhado dos secretários da Casa Civil, Gustavo Rocha, do DF Legal, Cristiano Mangueira, e do comandante-geral da Polícia Militar, Julian Pontes, Osnei comentou a queda de 1,22 para 1,01 do índice de transmissibilidade registrado desde que o GDF adotou medidas restritivas para evitar a aglomeração de pessoas no DF, principalmente à noite.

 

“O fato desse índice estar diminuindo não quer dizer que a gente pode relaxar”

 

Ainda assim, de acordo com as autoridades, a taxa de transmissão do novo coronavírus no Distrito Federal continua alta, o que obriga a população a não afrouxar as medidas de segurança sanitária determinadas pelo governo. “O fato desse índice estar diminuindo não quer dizer que a gente pode relaxar. Temos que continuar mantendo o distanciamento social, evitar aglomerações e usar sempre a máscara de proteção. Não é hora de ceder”, afirmou o secretário Gustavo Rocha.

 

 

Festas clandestinas

 

A Polícia Militar e a Secretaria DF Legal realizaram no final de semana o fechamento de duas festas clandestinas, uma em Samambaia Norte e outra em Brazlândia. Foram aplicadas multas de R$ 10 mil aos organizadores e de R$ 3 mil (R$ 1 mil pela aglomeração e R$ 2 mil pelo não uso da máscara) aos participantes. Todos foram autuados e conduzidos à delegacia.

 

Festas públicas ou particulares que proporcionem a aglomeração de pessoas podem ser denunciadas à Ouvidoria do GDF no telefone 162, em dias úteis, ou na central da PM, pelo 190, à noite e nos finais de semana.

 

Fonte: Agência Brasília