Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/10/21 às 17h01 - Atualizado em 1/10/21 às 17h01

Crédito do Bolsa Alimentação já está depositado na conta

COMPARTILHAR

Mais de 82 mil estudantes são beneficiados com o total de R$ 3,6 milhões, referentes aos dias em que ficaram em aulas remotas

 

 

AGÊNCIA BRASÍLIA* | EDIÇÃO: CHICO NETO

 

Depositado no fim da tarde de quinta-feira (30/9), o crédito do Bolsa Alimentação já está disponível na conta das 47.015 famílias responsáveis por 82.354 estudantes da rede pública de ensino. O valor total do recurso liberado este mês é de R$ 3.605.458,12.

 

Desde que o programa começou – em março do ano passado, quando as aulas foram suspensas por causa da pandemia –, já foram investidos R$ 98.883.591,17. O objetivo é garantir a alimentação escolar nos dias de aulas remotas.

 

Crédito pode ser utilizado em mercados e demais estabelecimentos de alimentação | Foto: Arquivo/Agência Brasília

 

O auxílio é pago aos estudantes favorecidos pelo Cartão Material Escolar (CME), destinado a famílias em situação de vulnerabilidade cadastradas no programa Bolsa Família. O benefício foi instituído em 2020 pelo governador Ibaneis Rocha para garantir a segurança alimentar e nutricional desses estudantes da rede pública enquanto durasse a suspensão das aulas por força da pandemia da covid-19.

 

Com o retorno das atividades escolares presenciais, ocorrido de forma escalonada em 2 de agosto deste ano, o pagamento do benefício passou a considerar os dias letivos em que o estudante participa de aulas remotas. Para o cálculo, é somada a quantidade de dias letivos com aulas on-line e aplicado o valor de R$ 3,98 por refeição. No caso de alunos matriculados no sistema integral, o valor recebido corresponde a duas refeições por dia, R$ 7,96.

 

O valor do recurso liberado aos beneficiários nesta semana foi feito com base em 11 dias letivos, do total de 22 dias contabilizados no mês de agosto.

 

Pagamento

 

A previsão de pagamento ocorre sempre no quinto dia útil de cada mês. Com a volta às aulas de forma escalonada – 50% dos estudantes frequentam as aulas presenciais e 50% participam das atividades escolares de forma remota, com alteração semanal dos grupos –, foram feitos ajustes para a correta liberação do crédito aos beneficiários.

 

O valor pago nesta semana é referente ao mês de agosto. No decorrer de outubro, a Secretaria de Educação (SEE) fará o repasse referente a setembro. Dessa forma, é possível que a regularização dos pagamentos ocorra nas próximas semanas.

 

Conferência do crédito

 

Os beneficiários podem conferir os créditos recebidos por meio do aplicativo BRB Card Pré-pago. Os créditos do Bolsa Alimentação podem ser utilizados em mercados, atacados e padarias, entre outros estabelecimentos.

 

*Com informações da Secretaria de Educação 

 

Fonte: Agência Brasilia